Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2006

As mãos

Com mãos se faz a paz se faz a guerra.
Com mãos tudo se faz e se desfaz.
Com mãos se faz o poema - e são de terra.
Com mãos se faz a guerra - e são a paz.

«...De mãos é cada flor cada cidade.
Ninguém pode vencer estas espadas:
nas tuas mãos começa a liberdade.»

Manuel Alegre

enviado por:manuel sérgio alvor

Temas:
publicado por 12A1 - ESTavira às 17:10

De Pedro 12a1 a 25 de Março de 2006 às 16:50
"nas tuas mãos começa a liberdade." gxtei desta particularidade...pois n maos d cada um de nos esta a capacidade de criar ou destruir,d construir um futuro melhor!sera k ter 2 maos serve d mt para todos nos? axo k nao..lamento =S as vezes era bom k tivessems 3 ou 4 para k embora 2 destruissem, tivessems outras 2 k repossessem akilo k foi destruido..km tal n é possivel cabe ao homem medir sobre os seus actos e actuar d forma a viver melhor...pois n vale a pena dizer k "nao devems poluir,nao devemos isto ou akilo..." por mais k nos evitems..havera um "outro" k o fara!! cumprimentos!! pedro ;)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.pesquisar

 

.Abril 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Contaminação transgénica ...

. Por que palavras? - Conto...

. ONU alerta que humanos ac...

. SAMBA PELA VIDA

. Palavras Repetidas - by G...

. cio da terra- letre de mi...

. Quem tem medo do desenvol...

. Adorei o poema! E a propó...

. As mãos

. Arranca ou não arranca

.Arquivos

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

.Ligações

.participar

. participe neste blog